Notas do Mercado Imobiliário

  • COMPRADOR PODE SE OPOR À PENHORA MESMO SEM TÍTULO REGISTRADO

    17 de Fevereiro de 2018

    A falta de registro da aquisição de um imóvel, no cartório de imóveis, não impede que o comprador se oponha a penhoras judiciais que recaíram sobre o bem, visando garantir dívidas de responsabilidade do vendedor. De acordo com o Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul, a ausência do registro formal da transferência do imóvel, não impede que o adquirente se oponha à penhora.
  • ESCRITURA E MATRÍCULA DO IMÓVEL: VOCÊ SABE A DIFERENÇA?

    17 de Fevereiro de 2018

    A escritura pública de compra e venda pode elaborada em qualquer tabelionato e serve para formalizar um negócio imobiliário, estabelecendo suas condições; entretanto, para que a transferência da propriedade seja concretizada, é preciso registrar a escritura na matrícula do imóvel, junto ao cartório do registro de imóveis competente. Por isso é que há o jargão: "Só é dono quem registra".
  • VEJA AS DIFERENÇAS ENTRE INCORPORADORAS E CONSTRUTORAS

    17 de Fevereiro de 2018

    Uma incorporadora é responsável pela articulação de um empreendimento imobiliário. Ou seja, é ela que realiza estudos a fim de identificar oportunidades e tendências do mercado, faz estudos de viabilidade e desenvolvimento do produto. Já a construtora é a responsável pela construção do empreendimento imobiliário, incluindo a contratação de mão de obra e aquisição dos materiais.
  • CAIXA AUMENTOU O LIMITE DE FINANCIAMENTO PARA IMÓVEL USADO

    17 de Fevereiro de 2018

    A Caixa Econômica Federal decidiu aumentar o financiamento para imóvel usado, de 50% para 70% do seu valor de mercado. Dessa forma, a exigência da entrada para financiar um imóvel usado, diminuiu de 50% para 30%. Para o interessado em adquirir um imóvel novo, foi mantido o percentual financiável de 80%, com 20% de recursos próprios por conta do comprador.
  • CASA DOBRÁVEL PODE SER MONTADA EM APENAS SEIS HORAS

    17 de Fevereiro de 2018

    Uma empresa italiana desenvolveu uma casa dobrável, que não requer fundação de concreto para ser erguida e é feita de madeira, aço, espuma de poliuretano e lã de rocha, tornando-a à prova d´água. A casa pode ser erguida em apenas seis horas e se mantém estável até mesmo em terremotos. Com sistema de drenagem, aquecimento e ar-condicionado, a casa precisa apenas do trabalho de três homens e de algumas máquinas para ser montada.
  • JUROS BAIXOS TRAZEM INVESTIDORES AO MERCADO IMOBILIÁRIO

    17 de Fevereiro de 2018

    As pesquisas sobre o setor imobiliário mostram que este mercado apresenta sinais de recuperação, com um aumento nas vendas em âmbito nacional. Com este cenário de otimismo, fomentado pela redução na taxa básica de juros, muitos investidores de renda fixa tem tirado suas economias dos bancos, que já não pagam juros como antes, e ido às compras no mercado imobiliário.