Notas do Mercado Imobiliário

  • FacebookTwitterLinkedInGoogle+PinterestGoogle Bookmarks
    “MINHA CASA, MINHA VIDA” FACILITA A COMPRA DA CASA PRÓPRIA

    28 de agosto de 2016

    O Programa Minha Casa, Minha Vida facilita a compra da casa própria, já que permite às pessoas com menor renda financiar imóveis com juros mais baixos. A Faixa 1 do programa é destinada às famílias com renda mensal bruta de até R$ 1.800, e o governo pode arcar com até 90% do valor do imóvel. A Faixa 1,5 é destinada às famílias com renda até R$ 2.350 e oferece subsídios de até R$ 45.000. Na Faixa 2, o subsídio vai até R$ 27.500 e é destinado a famílias com renda entre R$ 2.351 e R$ 3.600. A Faixa 3 é para famílias com renda mensal de R$ 3.600 a R$ 6.500.
  • FacebookTwitterLinkedInGoogle+PinterestGoogle Bookmarks
    INQUILINO DEVE FAZER A MANUTENÇÃO DE IMÓVEL

    28 de agosto de 2016

    Quem aluga um imóvel, seja para morar ou trabalhar, geralmente se esbarra em algumas dúvidas sobre quais são as responsabilidades do locador e do locatário. Uma delas, diz respeito à manutenção do imóvel. Porém, cabe ao inquilino fazer a manutenção regular do imóvel durante a vigência da locação, salvo as deteriorações decorrentes do seu uso normal.
  • FacebookTwitterLinkedInGoogle+PinterestGoogle Bookmarks
    PAGAMENTO DA COMISSÃO DE CORRETAGEM PELO COMPRADOR

    28 de agosto de 2016

    Recente decisão do Superior Tribunal de Justiça, considerou válida a cláusula que transfere o pagamento da comissão de intermediação ao comprador de imóvel novo, desde que o adquirente seja previamente informado acerca do preço total. O STJ reconheceu não se tratar de prática abusiva, desde que o encargo esteja fixado de forma transparente em contrato.
  • FacebookTwitterLinkedInGoogle+PinterestGoogle Bookmarks
    CRÉDITO PERMITE REFORMA E CONSTRUÇÃO DE IMÓVEIS

    28 de agosto de 2016

    A Caixa Econômica Federal oferece um tipo de financiamento destinado à construção, reforma e ampliação de imóveis chamado Construcard. Também podem ser financiados móveis planejados e equipamentos para aquecimento solar. O período para utilizar o dinheiro vai até seis meses e o gasto é específico para a compra de material em lojas conveniadas.
  • FacebookTwitterLinkedInGoogle+PinterestGoogle Bookmarks
    VENDA DE IMÓVEIS USADOS CRESCE EM SÃO PAULO

    28 de agosto de 2016

    O acumulado de vendas de imóveis usados no primeiro semestre de 2016 foi positivo: 43,7%, segundo dados do Conselho Regional dos Corretores de Imóveis paulista. O número representa uma melhora em relação ao mesmo período do ano passado, quando houve deficit de 35,5%. Um levantamento feito pela imobiliária Lello também traz dados positivos: em julho, as vendas de usados aumentaram 24% em SP, em comparação com o mesmo mês de 2015.
  • FacebookTwitterLinkedInGoogle+PinterestGoogle Bookmarks
    1,2 MILHÃO DE CASAS TERÃO ENERGIA SOLAR ATÉ 2024

    28 de agosto de 2016

    Até 2024, cerca de 1,2 milhão de casas no Brasil deverão ser autossuficientes na geração de energia por meio de placas fotovoltaicas, segundo previsão da Agência Nacional de Energia Elétrica. No momento, apenas 4.432 imóveis têm essa matriz energética em todo o País – é que a maioria dos proprietários ainda reluta em instalar o equipamento, devido ao seu custo de implantação.
  • FacebookTwitterLinkedInGoogle+PinterestGoogle Bookmarks
    CASAS DE LUXO MAIS VISITADAS NA INTERNET

    28 de agosto de 2016

    Apesar de não estarem acessíveis a todos os bolsos, cada vez mais os internautas dedicam-se a ver imóveis de luxo na internet. E sites como o Idealista, permitem que todos possam conhecer estas casas virtualmente. Uma das mais visitadas, é uma penthouse em Cascais, Portugal. Com vista para o mar, tem 5 quartos, 2 elevadores panorâmicos privativos, piscina interna aquecida e 10 vagas de garagens. Vale a bagatela de R$ 30 milhões.
  • FacebookTwitterLinkedInGoogle+PinterestGoogle Bookmarks
    A PORTABILIDADE NEM SEMPRE É VANTAJOSA

    28 de agosto de 2016

    O objetivo da chamada “portabilidade” é dar à pessoa que fez um empréstimo imobiliário a chance de reduzir sua dívida, procurando melhores taxas de juros em outros bancos. Mas a portabilidade nem sempre é vantajosa. O mutuário deve ficar atento a despesas extras, como gastos com cartório ou tarifa de elaboração de cadastro, que podem tornar a dívida maior ao se fazer a portabilidade.