Notas do Mercado Imobiliário

  • REGULARIZAÇÃO DE BEM IMÓVEL É REQUISITO PARA INVENTÁRIO

    15 de junho de 2018

    Em virtude da obrigação legal de serem averbadas na matrícula todas as alterações feitas num imóvel (construções sobre um terreno, por exemplo), o trâmite de uma ação de inventário está condicionado à regularização do imóvel perante o cartório competente. Isso porque a partilha de imóvel em situação irregular, inviabilizaria a avaliação, a divisão e até sua eventual alienação.
  • E-SOCIAL SERÁ OBRIGATÓRIO TAMBÉM PARA OS CONDOMÍNIOS

    15 de junho de 2018

    O e-Social é um sistema governamental que une a Receita Federal, o INSS, o Ministério do Trabalho e a Caixa Econômica Federal, com o objetivo principal de conectar, padronizar e unificar a transmissão, validação, armazenamento e distribuição das informações fiscais, trabalhistas e previdenciárias dos trabalhadores contratados por empresas e, a partir do mês de julho, também pelos condomínios.
  • DÍVIDAS HABITACIONAIS SÃO ATUALIZADAS PELO INCC OU IGPM

    15 de junho de 2018

    Contratar um financiamento imobiliário para comprar um apartamento, envolve um grande compromisso financeiro por parte do consumidor. Por se tratar de uma operação de alto valor, é comum que a dívida seja paga em muitos anos, o que exige que o saldo devedor seja corrigido monetariamente a cada 12 meses. Assim, durante a obra, o índice que atualiza as prestações é o INCC; após a entrega das chaves do imóvel, a correção passa a ser feita pelo IGP-M.
  • SEGUROS DOS CONDOMÍNIOS DEVEM TER COBERTURAS AMPLIADAS

    15 de junho de 2018

    Tanto os condomínios verticais quanto os horizontais estão obrigados, por lei, a contratarem seguro contra incêndio, queda de raio e explosões. Nestes casos, a cobertura mínima garantirá indenização. No entanto, é possível – e desejável – que o síndico contrate coberturas adicionais, que atendam as necessidades peculiares de cada condomínio, para proteger o patrimônio da comunhão.
  • CEF FAVORECE SERVIDOR PÚBLICO NO FINANCIAMENTO DE IMÓVEIS

    15 de junho de 2018

    Os servidores públicos poderão financiar um valor maior ao comprarem imóveis usados por meio da Caixa Econômica Federal: o banco elevou de 70% para 80% o limite desse tipo de financiamento. Os demais clientes continuarão a financiar até 70% do valor de imóveis usados e 80% no caso de imóveis novos.  A CEF informou que o aumento do limite para os servidores públicos tem como objetivo beneficiar o segmento com a menor inadimplência.
  • CIDADE CANADENSE TEM O MELHOR MERCADO DE IMÓVEIS DE LUXO

    15 de junho de 2018

    Construções sofisticadas e qualidade de vida marcam o estilo inglês da cidade de Victoria, no Litoral Pacífico do Canadá, com 85.000 habitantes. Recente pesquisa mostrou que a localidade tem o mercado imobiliário de luxo mais aquecido do mundo. A cidade tem sido alvo de investidores internacionais, especialmente dos Estados Unidos e da China, ávidos por mansões milionárias, que chegam a custar R$ 35 milhões.