Notas do Mercado Imobiliário

  • VÍTIMA DE FURTO EM CONDOMÍNIO DEVE SER INDENIZADA?

    14 de julho de 2018

    Essa é uma questão que já foi muito discutida nos tribunais de todo país. Hoje, o entendimento consolidado é o de que o condomínio só poderá ser responsabilizado se tal previsão constar expressamente na sua convenção. Assim, quando não há previsão expressa de responsabilização condominial, não existe, via de regra, qualquer responsabilidade do condomínio.
  • DINHEIRO ROUBADO DURANTE CONTAGEM VALE COMO PAGAMENTO

    14 de julho de 2018

    Segundo o Superior Tribunal de Justiça, roubo ocorrido durante a contagem de dinheiro entregue pelo adquirente de imóvel ao vendedor, para quitação do preço, não afasta a presunção de que o comprador cumpriu com sua obrigação – isso porque, ao receber o dinheiro, ainda que para ser contado, o vendedor materializou o negócio jurídico entre as partes.
  • REALIZAR O SONHO DA CASA PRÓPRIA ESTÁ MAIS BARATO

    14 de julho de 2018

    Na primeira metade do ano, os preços dos imóveis caíram 0,16% e o metro quadrado foi vendido, em média, a R$ 7.543,00. Especialistas admitem que a redução dos preços foi pequena, mas como o custo de vida subiu e os preços dos imóveis não, houve uma queda real no valor da casa própria em 2018. O resultado da pesquisa Fipezap tem como base os valores de apartamentos já prontos, apurados em algumas das principais cidades do País.
  • INVESTIDORES ESTÃO VOLTANDO AO MERCADO IMOBILIÁRIO

    14 de julho de 2018

    Pouco a pouco, o mercado imobiliário tem voltado a atrair investidores, especialmente no segmento de apartamentos compactos, como estúdios e unidades de um dormitório. Entre dezembro de 2017 e junho de 2018, os investidores representaram 70% dos adquirentes de imóveis com área de até 37 m², segundo um levantamento realizado pela Brasil Brokers-SP.
  • VENDAS DE IMÓVEIS CRESCERAM 12% NO PRIMEIRO SEMESTRE

    14 de julho de 2018

    O balanço do primeiro semestre de 2018 no mercado imobiliário chegou com boas novas. Após períodos consecutivos de queda, a contratação de crédito para compra de imóveis voltou a crescer, segundo a Associação Brasileira das Entidades de Crédito Imobiliário e Poupança. Essa movimentação foi traduzida numa alta de 12% nas vendas em relação ao mesmo período do ano passado.
  • TRANSAÇÕES IMOBILIÁRIAS SUPERAM R$ 472 BI EM TODO O BRASIL

    14 de julho de 2018

    Um estudo inédito, realizado pelo Colégio Notarial do Brasil – Seção São Paulo, associação que congrega os cartórios de notas paulistas, revelou que nos últimos 12 meses, os tabelionatos brasileiros lavraram um total de 378.328 escrituras públicas envolvendo operações imobiliárias. De acordo com a pesquisa, essas transações movimentaram exatos R$ 472.625.261.137,83.